Biografia Filipe Gonçalves Mélo.

Biografia Filipe Gonçalves Mélo.
Filipe Gonçalves Vieira Mélo.Autodidata. Pintura à óleo abstrata em vários tamanhos até 2mx3m. Desenho com pintura. Desenhos em A 4. Exposição na Mostra Morar mais por Menos RJ e Feira Reacess RJ. Entrevista na GNT. Parque das Ruínas. Santa Teresa RJ.Revista:Entender a mulher. Editora Moi SP.Exposição na morar por Menos Lagoa RJ. Correio da Manhã- Portugal. Coluna. Lídia Soares.Revista Época . Entrevista Cristiane Segatto.

domingo, 28 de março de 2010

Outra pintura autista intrigante!

 Como a Ana Martins me chamou a atenção, vou também contar a impressão desta pintura acima.
   Quando Filipe pede para pintar , fico atenta me perguntando:
Que será que ele vai pintar? Será que vou conseguir saber  um pouco o que ele pensa?  Vou conhecer mais meu filho?
   Qualquer coisa já me deixará feliz.   Porque é algo que vem de dentro dele , é uma mensagem.
   Filipe escolhe as cores e a posição em que vai colocar a tela.
E nesta pintura , escolheu colocar a tela  na vertical e  ele mesmo coloca no cavalete.
Atenta , sei que está será a posição original do quadro. Pois é aí que será feita a interpretação.
  Ele pinta e aparece na minha visão um homem deitado na parte debaixo ( Digo, homem porque não possui seios femininos) ( Por favor a minha visão é apenas de uma mãe que faz um estudo particular com Filipe e não tem nenhum caráter ciêntifico ou se baseia em alguma trabalho acadêmico)
Mas com certeza este estudo particular é baseado na psicanálise. No que intimamente nosso interior se revela no nosso exterior.
 Continuando..... O homem parece deitado de barriga para cima em algo muito macio, parece observar ( Não sei, ao certo com precisão) mas parece um gatinho. Ele está inserido na pintura , mas está de cabeça para baixo. Como está é a posição da tela , o gato, se ele for um gato foi colocado por Filipe desta forma. E isto tem um significado que só Filipe sabe.  As formas estão com muita nitidez e detalhes especificos. Filipe pinta poucos quadros como este.
  A leitura da Ana , intuitiva de mãe e poeta , me fez relembrar tudo isso.
 No livro que escrevo , contarei como Filipe se desenvolveu como pintor com mais detalhes.
 Quem sabe um dia vou entender o que ele pinta?
Bom domingo à todos!
Ray
  Este é o site oficial da pintura de Filipe  http://www.arteautismo.com/