Biografia Filipe Gonçalves Mélo.

Biografia Filipe Gonçalves Mélo.
Filipe Gonçalves Vieira Mélo.Autodidata. Pintura à óleo abstrata em vários tamanhos até 2mx3m. Desenho com pintura. Desenhos em A 4. Exposição na Mostra Morar mais por Menos RJ e Feira Reacess RJ. Entrevista na GNT. Parque das Ruínas. Santa Teresa RJ.Revista:Entender a mulher. Editora Moi SP.Exposição na morar por Menos Lagoa RJ. Correio da Manhã- Portugal. Coluna. Lídia Soares.Revista Época . Entrevista Cristiane Segatto.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Pintura de Filipe para camiseta. A arte autista se comunica!

 Filipe desenhou e pintou este boneco para colocar na camiseta. Perguntei quem era e ele disse: Filipe.
 Senti que ele gostou de pintar o boneco , ficou absorto e calmo ao pintar. Acredito e vejo que Filipe gosta de se comunicar pela arte. E considero a arte um meio muito poderoso de comunicação.Homens primitivos desenham e pintavam nas cavernas, esta pintura é conhecida como pintura rupestre. Eles pintavam o que sentiam, despreocupados com a pintura estética de hoje. E não foi através destas pinturas e desenhos que conhecemos os sentimentos e as percepções destes povos? Não havia as tintas dos dias de hoje  e eles pintavam com argila e pigmentos naturais. Usavam o que estava ao seu alcance para se expressar. Diversas destes imagens chegam até nós , vinda de um passado tão distante e mesmo assim, tão reveladoras!A mensagem destas pinturas nos ajuda a entender o que estes homens sentiam e pensavam e como viviam. Eles foram grandes comunicadores através da arte.
 Se arte é um meio para Filipe se expressar , a falta dela  não o tornaria mudo?
Breve vou colocar um video de Filipe desenhando e pintando até o fim. Quero que observem como ele gosta de comunicar  com arte e como isso o acalma. A arte para o autista é uma intervenção muito saudável. A arteterapia deveria estar inserida
 na sala de aula de toda escola especial de uma forma abrangente.Nada de ensinos convencionais de ler e escrever.Isso faz uma cobrança de normalidade ao autista. Arte apenas para relaxar,em todo período de aula, isto incluiria a música, teatro, dança etc.. Esta arte desprovida de qualquer compromisso, ensinaria o autista a se desenvolver e expressar. E quando isso fosse acontecendo de forma natural,se inseriria o didático em forma de arte também . Porque  a arte ajuda a escrita ,o desenvolvimento como um todo.Qual atividade melhor se adequaria para um autista caso ele quisesse entrar para o mercado de trabalho? Não seria arte? O governo deveria ter uma verba para a capacitação destas crianças, voltada o social delas. Esta capacitação seria aprender arte na escola com Arteterapeutas.
 Empresários deveriam procurar estes programas do governo e aproveitar as imagens destas crianças das escolas cadastradas. E não precisa ser algo elaborado, grandioso .Um rabisco vindo de uma criança autista é uma arte,é uma mensagem.
Empresas Farmacêuticas e planos de saúde como A Unimed, Amil, Golden Cross ,que patrocinam  times de futebol e as Empresas farmacêuticas, poderiam incentivar este programa  das pinturas autistas em suas propagandas e folders e até mesmo nas caixas de remédios.
 Creio que isso seria uma poderosa campanha de valorização do ser autista. A sua arte abriria caminho para um futuro onde todos iriam entender o que sente um autista nos dias de hoje, onde  não se conhece a cura deste mal. Enquanto  não chega esta cura, hoje no presente, abram espaço para ouvir estas vozes que saem de um silêncio através de cores e rabiscos e sintam seus sentimentos através da arte!
Por enquanto nas cavernas da nossa sociedade não vejo nenhuma pintura ou rabisco dos autistas. Um dia cheio de arte e cores para voces!
Um beijo para todos.
Ray

4 comentários:

  1. O desenho virou uma caricatura do Filipe ?
    É muito bom ver o progresso dele e sentir a sua dedicação por ele , reivindicar os direitos é super valido e acho que empresas de médio e grande porte poderiam sim ajudar a divulgar esse trabalhos, mas elas só fazem isso mediante a isenção fiscal e tributária, se elas não poderem ter um lucro maior que o investimento que elas fariam , não é interessante, infelizmente ! :(
    Beijos e até breve !
    Vanessa.

    ResponderExcluir
  2. Amiga Ray
    Fiquei toda orgulhosa quando li o titulo, pintura para camisola.
    Pensei que já tivessem dado uma oportunidade a Felipe, até poderia fazer mais seriam de certeza peças únicas, e uma forma de valorizar o trabalho dele...
    Um dia surgirá concerteza.
    Também pinto de quando em vez umas peçitas:-)
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa, querida , é talvez seja a caricatura dele. Uma coisa eu sinto ele gosta de desenhar e dizer que é ele. rs
    Obrigada pela tua visita e apoio, voce é um amor , alguém que nos entende.
    Beijos mil.
    Ray

    ResponderExcluir
  4. Minha querida artista Mina.
    Não é gostoso pintar? Não é bom observar depois de pronto a nossa criação?
    è isso que sinto Filipe em Filipe. Ele observa e sorri com sua arte, isso não tem preço.
    Amiga escolas tradicionais vão me chicotear. Onde já se viu fazer arte, brincar dançar e ouvir música em escolas para autista ?
    Eu vejo resultados com Filipe e quem tem um filho com autismo e usa a arte para o ajudar, sabe do que falo.
    Querida vou te ver viu?
    Beijos pra ti e Bruno.
    Ray

    ResponderExcluir