Biografia Filipe Gonçalves Mélo.

Biografia Filipe Gonçalves Mélo.
Filipe Gonçalves Vieira Mélo.Autodidata. Pintura à óleo abstrata em vários tamanhos até 2mx3m. Desenho com pintura. Desenhos em A 4. Exposição na Mostra Morar mais por Menos RJ e Feira Reacess RJ. Entrevista na GNT. Parque das Ruínas. Santa Teresa RJ.Revista:Entender a mulher. Editora Moi SP.Exposição na morar por Menos Lagoa RJ. Correio da Manhã- Portugal. Coluna. Lídia Soares.Revista Época . Entrevista Cristiane Segatto.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Aceita a diferença , não a indiferença..Acepta la diferencia, no la indiferencia" Accept difference. Not indifference.

Olá amigos , eu achei esta reportagem com o terapeuta familiar Urbistondo Fran ( foto no cartaz) muito interessante e coloquei aqui para voces. Tive empatia por este artigo, porque isto aconteceu com nossa família. A Dra. Maria Cristina Abreu , psiquiatra infantil, havia chegado da França e lá ela aprendeu a tratar a familia do paciente para que esta, o visse com outro olhar. Entendia que ela precisava de suporte para ajudar a criança e suportar este desafio. Ela não gostava da palavra diagnóstico do autista, porque isso poderia invalidar a ajuda a criança a partir do momento que ela fosse considerada especial. Este diagnóstico poderia gerar depressões e sentimentos de impotência para lidar com o autismo. Ela atendeu a Filipe e toda a nossa família em 1991 até Filipe ter uns 25 anos. Quando Filipe foi diagnosticado autista com 8 anos, as coisas iam mal na família. Eu com síndrome do Pânico e meu marido alcoólatra. Foi preciso um trabalho para resgatar esta família. E abaixo do Deus Todo Poderoso, A Cristina soube como conduzir a terapia. Meu marido parou de beber eu melhorei do Pânico. Imagino como a família do autista fica sem saber o que fazer , quando não tem um acompanhamento. É muito difícil. É necessário um aconselhamento terapêutico de suporte para tais. Nossa família se recuperou para estar pronta para olhar para Filipe com um novo olhar. Este que voces vêem aqui no blog e no site www.arteautismo.com Cada dia que passa vamos fazendo o que podemos para ajudar o Filipe e minimizar os danos causados pelo autismo. Não é fácil, mas de mãos dadas Com O DEUS Verdadeiro vamos caminhando.... Tentei traduzir o melhor possível as palavras em espanhol do terapeuta Urbistondo Fran. Alías no Enem acertei todas as questões do espanhol, mas tava fácil rs.
Um beijo à todo e muita força e coragem para todos voces! Abaixo as palavras de Urbistondo¨.....¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Esses dias eu estava em Londres, visitando uma das organizações mais experientes no mundo do autismo. A National Autistic Society, que está em um processo muito interessante de renovação.
Eles oferecem serviços bem definidos que cobrem toda a gama do ciclo de vida da pessoa com autismo. Sinto uma grande mudança na linguagem proposta para falar sobre pessoas que vivem com o autismo , ou seja as famílias , e não o autista em si. Parece apenas um detalhe, mais não o é, acho essencial resgatar a pessoa e a familia. do que usar diagnósticos que muitas vezes parece reduzir a pessoa a um rótulo ou a uma triade de deficiencias e comportamentos.
É um trabalhomuito interessante que está sendo feito pelo NAS para aumentar a conscientização sobre a doença mental que alguns autistas desenvolvem como ansiedade e depressão. Eles dizem que só no Reino Unido estima-se que cerca de meio milhao de pessoas vivem com autismo. E se somarmos isto as familias este grupo se torna dois milhoes de pessoas! Portanto considero que é essencial trabalhar com as familias dos autistas. É bom oferecer serviços centrados na familia e não sòmente nos autistas. Seu Slogan diz: Aceite a diferença e não a indiferença!
*********************************************************************

Estas palavras são do Psicologo Urbistondo Fran , ele é terapeuta familiar .


.