Biografia Filipe Gonçalves Mélo.

Biografia Filipe Gonçalves Mélo.
Filipe Gonçalves Vieira Mélo.Autodidata. Pintura à óleo abstrata em vários tamanhos até 2mx3m. Desenho com pintura. Desenhos em A 4. Exposição na Mostra Morar mais por Menos RJ e Feira Reacess RJ. Entrevista na GNT. Parque das Ruínas. Santa Teresa RJ.Revista:Entender a mulher. Editora Moi SP.Exposição na morar por Menos Lagoa RJ. Correio da Manhã- Portugal. Coluna. Lídia Soares.Revista Época . Entrevista Cristiane Segatto.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

A Dentista que desafia o autismo.

 Crianças autistas costumam levar anestesia geral quando vão ao dentista, mas  como  a dentista Adriana Zink consegue fazer diferente?
  Eu já escrevi um post aqui , falando de como consigo que Filipe faça consultas  no dentista regularmente sem traumas . Isto é possível porque desde muito cedo Filipe ficou familarizado com a cadeira do dentista. as vezes ia só para aprender a escovar , outras para colocar flúor ou até mesmo de ano em ano para verificar
 a saúde bucal. Por isso ele  não tem medo e nem  dentes estragados. Marcar consulta com dentista para o autista deveria ser uma coisa rotineira desde bebê , penso eu.
   Mas quando isso não acontece a dentista Adriana Zink socorre os autistas chamados de baixo funcionamento . Estes são mais frágeis , mais medrosos e ansiosos por conta de suas limitações , muitos deles não falam e não conseguem entender o que vai acontecer na consulta.
  Mesmo que voce tenha dinheiro para pagar não existe uma odontologia especializada para os autistas.
   Adriana adotou o método Son-Rise onde  os pais  e os terapeutas são incentivados  a observar as preferências dos filhos  e usa-las como sistema de aprendizado. Ela inclui também PECS para se comunicar com eles..  Mas como diz o velho ditado , o amor paciência e respeito pelo autista faz toda diferença.   E isso Adriana tem de sobra , por isso seu método dá certo.Ela  também, pesquisa com os pais durante longas conversas o que o autista  gosta e como poderia ter acesso a ele .
 Todas as quarta-feiras ela cuida gratuitamente dos autistas , deficientes mentais qualquer outro paciente que aparecer.
 Vou citar o caso de Matias Cabral de lira Júnior o ( Juca ), paciente autista de Adriana.
Juca , nunca estudou, apesar de a mãe ter tentado várias vezes matricula-lo. Não fala , e não engole a saliva
Juca tremia quando Adriana tocava nele .  Para chegar até o Juca, ela fez uma longa entrevista , sem pressa com a mãe dele para saber que ele gosta ou não gosta. Para estabelecer contato visual com ele ela apresentou vários bichos de pelúcia , bolinhas , brinquedos diversos , mas a única coisa que despertava seu interesse era um carrinho emborrachado. Aos poucos Adriana foi empurrando o carrinho para dentro do consult´rio  e Juca o seguiu. Com fita crepe , ela prendeu o carrinho  no refletor acima da cadeira do dentista. Juca sentou na ponta da cadeira e levantou a cabeça para olhar para o carrinho.  Adriana foi acomodando as pernas dele na cadeira e ele ficou quieto  Dois anos depois deste dia Juca Juca está muito bem acostumado com a cadeira de Adriana e com os dentes cuidados.
Esta reportagem saiu na revista Época  e eu copiei alguns trechos , procurei o blog desta dentista fantástica e humana para voces verem mais detalhes.http://adrianazink.blogspot.com/
  Adriana parabéns pelo seu amor , carinho , compreensão aos nossos queridos autistas que necessitam de todos estes cuidados.
Ray